terça-feira, 16 de setembro de 2014

Garfos Plásticos 01 de 05

O garfo de plástico do título é uma metáfora para uma sociedade tão descartável que está perdendo o contato com o que nos faz humanos. Tudo isso dentro de uma aventura sobre o não tão heróico ou simpático Dr. Henry Apt que, como o Dr. Frankenstein, percebe tarde demais o seu erro em bagunçar as leis da natureza. Nesta história curta e simples Ted McKeever faz algumas perguntas importantes. Como: "O que é humanidade?".
Ele tenta fazer um dispositivo que permitiria a uma pessoa criar e fertilizar dentro de si mesma seus próprios óvulos... e depois de sofrer um ataque de suas cobaias, o Doutor Apt passa de "médico brincando de Deus" a "vítima da ciência". Também nesta primeira edição tem um monte de tecnobaboseira, mas isso não importa, porque tudo aqui é simbólico - Lide com isso!
Depois de um começo aparentemente lento o ritmo da série se intensifica inexoravelmente rumo a uma conclusão estupenda. A arte pintada de McKeever para Garfos Plásticos é brilhante, exuberante e expressiva, fazendo um uso ousado de "splash pages" e quadros de meia página para contar sua fábula. Uma minissérie excelente e enganosamente simples que você encontra com exclusividade no Gibiscuits. Boa leitura!
 
Tradução, adaptação e letras por Skætos
Capa e edições por Johnny Who
 
https://mega.co.nz/#!V0J1XYRK!V_1iGdZMLIkqiiq-sw5jKRW1QMSDVnjd7C1yHJcq9Eg
 

Nenhum comentário: